ATENÇÃO



Querido companheiro de profissão, se você se interessar por alguma postagem e não conseguir uma boa impressão envie-me e-mail que ficarei feliz em compartilhar. Abraço.
profclaugeo@yahoo.com.br

Atividades de Historia e Geografia

Nos sites abaixo você encontra todos os meus arquivos em doc word.

Visite


Entre para o grupo

Curriculo Básico Comum(CBC)

Encontre aqui o CBC, Orientações pedagógicas para suas aulas e Roteiros de atividades.
Clique no link abaixo:
http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/index2.aspx??id_objeto=23967

10/10/2011

DESCRITORES DE LÍNGUA PORTUGUESA--9º ano DO ENSINO FUNDAMENTAL


DESCRITORES DE LÍNGUA PORTUGUESA--8ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL
1. PRÁTICAS DE LEITURA DE TEXTOS
Espera-se que, ao terminar a oitava série do Ensino Fundamental, o aluno seja capaz de ler
textos:
a) ficcionais: conto, crônica, romance, poema, texto dramático, tira (história em
quadrinhos);
b) não-ficcionais: notícia, reportagem, editorial, artigo de opinião, crônica, texto
argumentativo, charge, propaganda, texto informativo, texto expositivo de outras áreas
e textos normativos, tais como estatutos, declarações de direito, etc.
Na elaboração da prova recomenda-se que sejam considerados os seguintes critérios para
seleção e apresentação dos textos:
a) critérios de seleção dos textos:
assegurar a presença dos textos ficcionais e não-ficcionais;
considerar a propriedade do tratamento temático e estilístico;
selecionar textos, ou fragmentos de texto, garantindo a unidade semântica e
estrutural;
para os textos ficcionais, considerar a representatividade dos autores;
para os textos não-ficcionais, considerar a diversidade de fontes em nível nacional,
bem como o caráter do tema (evitar temas muito perecíveis);
b) critérios de apresentação dos textos:
conservar as características do texto de origem, reproduzindo-o com a formatação
original (tipo e tamanho de letra, distribuição espacial no papel, etc.);
considerar as especificidades da reprodução gráfica da prova na elaboração das
questões;
indicar fonte e autoria de todos os textos.
1.1 Procedimentos de leitura
D1 - Localizar informações num texto. (B)
D2 - Relacionar uma informação identificada no texto com outras oferecidas no próprio
texto ou em outro(s) texto(s). (O)
D3 - Depreender de uma informação explícita outra afirmação implícita no texto. (G)
D4 - Relacionar uma informação identificada no texto com outras pressupostas pelo
contexto. (O)
D5 - Identificar o tema/tópico central de um texto. (B)
D6 - Relacionar, em um texto, assunto e finalidade com o tipo de texto. (O)
D7 - Inferir o sentido de uma palavra ou de uma expressão considerando o contexto e/ou
universo temático e/ou a estrutura morfológica da palavra (radical, afixos e flexões).(G)
D8 - Estabelecer, na construção de sentido do texto, articulações entre termos
pertencentes a uma família lexical ou de um mesmo campo semântico. (O)
D9 - Utilizar informações oferecidas por um verbete de dicionário e/ou de enciclopédia na
compreensão ou interpretação do texto. (O)
D10 - Relacionar informações oferecidas por figura, foto, gráfico e/ou tabela com as
constantes no corpo de um texto. (O)
1.2 Implicações do suporte, do gênero e/ou do enunciador na compreensão do texto
D11 - Associar as características e estratégias de um texto ao gênero (ficcional ou nãoficcional)
e/ou locutor e interlocutor. (O)
D12 - Avaliar a força argumentativa com a finalidade do texto ou em função do interlocutor. (G)
D13 - Avaliar a adequação do texto considerando sua finalidade em função do gênero
(propaganda e persuasão; notícia e informação) e veículo de divulgação (jornal,
revista, livro). (G)-22
D14 - Reconhecer, em um texto, índices que permitam identificar características do
interlocutor ou da personagem. (B)
1.3 Relação entre textos: intertextualidade
D15 - Comparar paráfrases avaliando sua maior ou menor fidelidade ao texto original. (O)
D16 - Avaliar a intenção da paródia de um texto dado. (G)
D17 - Reconhecer referências ou remissões explícitas a outros textos. (B)
D18 - Comparar textos de diferentes gêneros quanto ao tratamento temático e aos recursos
formais utilizados pelo autor. (B)
D19 - Comparar o tratamento da informação em duas notícias sobre o mesmo fato. (O).
D20 - Comparar as opiniões/pontos de vista em dois textos sobre o mesmo tema. (O)
1.4 Coerência e coesão no processamento do texto
D21 - Correlacionar, em um texto dado, termos, expressões ou idéias que tenham o
mesmo referente. (O)
D22 - Estabelecer relação entre uma tese (global ou local) e os argumentos oferecidos para
sustentá-la. (O)
D23 - Estabelecer relação, em uma narrativa ficcional, entre a estratégia narrativa e o
desenvolvimento do enredo. (O)
D24 - Estabelecer relação, em uma narrativa ficcional, entre o desenvolvimento do enredo e
a organização espacial e temporal. (O)
D25 - Estabelecer relação, em um texto poético, entre aspectos formais (verso, rima,
disposição espacial; ritmo, assonância, aliteração) e a construção de sentido. (O)
D26 - Estabelecer relações sintático-semânticas na progressão temática (temporalidade,
causalidade, oposição, comparação). (O)
D27 - Avaliar a função argumentativa de operações como seleção lexical, formas de
tratamento e relações de co-referência (hiperonímia, expressões nominais definidas,
repetição, sinonímia). (G)
1.5 Relações entre recursos expressivos e efeitos de sentido
D28 - Analisar o efeito de sentido conseqüente do uso de pontuação expressiva
(interrogação, exclamação, reticências, aspas). (G)
D29 - Analisar o efeito de sentido conseqüente do uso de recursos gráficos (diagramação,
forma, tamanho e tipo de letras, disposição espacial, etc.). (G)
D30 - Analisar o efeito de sentido conseqüente do uso de recursos prosódicos (rima,
aliteração, onomatopéia, etc.). (G)
D31 - Analisar o efeito de sentido conseqüente de uma transgressão intencional ou
involuntária aos padrões ortográficos ou morfossintáticos da modalidade escrita. (G)
D32 - Analisar o efeito de sentido conseqüente do uso de linguagem figurada (metáfora,
hipérbole, eufemismo, repetição, gradação, etc.). (G)
1.6 Variação lingüística
D33 - Reconhecer, em um texto dado, marcas típicas da modalidade oral. (B)
D34 - Reconhecer níveis de registro (formal e informal). (B)
D35 - Reconhecer, em um texto, índices que permitam identificá-lo quanto à época. (B)
D36 - Aplicar os conhecimentos relativos a variação lingüística e diferenças entre oralidade
e escrita na produção de textos (G).
2. PRÁTICAS DE PRODUÇÃO DE TEXTOS
A partir das condições de produção estabelecidas pela própria tarefa (finalidade, gênero,
interlocutor), redigir um ou alguns dos seguintes textos:
narrativa ficcional (conto curto, crônica, paródia);