ATENÇÃO



Querido companheiro de profissão, se você se interessar por alguma postagem e não conseguir uma boa impressão envie-me e-mail que ficarei feliz em compartilhar. Abraço.
profclaugeo@yahoo.com.br

Atividades de Historia e Geografia

Nos sites abaixo você encontra todos os meus arquivos em doc word.

Visite


Entre para o grupo

Curriculo Básico Comum(CBC)

Encontre aqui o CBC, Orientações pedagógicas para suas aulas e Roteiros de atividades.
Clique no link abaixo:
http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/index2.aspx??id_objeto=23967

25 de jul de 2012

Atividades LP

Avaliação de Língua Portuguesa
Nome: ______________________________________________________ Data: _____/______/_____

Leia os textos abaixo e responda às questões:
 
ESSA VELHINHA
- Desculpe entrar assim sem pedir licença...
- Doença!
- Não,... quem está doente?
- Mas quem está doente?
- Não – Sorriu o homem -, a senhora entendeu errado.
- Resfriado?
- Ora... quer dizer... bem, eu estava lá fora e ...
- Xi! Catapora?
- Senhora, por favor não confunda...
- Caxumba!!! Cuidado, menino, isso é perigoso... Sabe, sei fazer um chazinho muito bom pra caxumba.
01. Os pontos de exclamação em Caxumba!!!, exprimem:
(A) Entusiasmo.
(B) Dor.
(C) Espanto.
(D) Tristeza.



DICAS PARA PREVENIR DORES NAS COSTAS
Para não agredir a coluna, é preciso evitar movimentos bruscos, ao levantar pela manhã. Espreguiçar e usar
os braços para suspender o tronco, enquanto apóiam-se os pés no chão, são atividades indicadas.

02.   Essa “dica” aconselha o leitor a evitar:
(A) Andar de tamancos ou chinelos.
(B) Engordar demais.
(C) Levantar-se da cama repentinamente.
(D) Usar colchões muito duros ou macios demais.
A GANSA DOS OVOS DE OURO
(Fábula de Esopo recontada por Ana Maria Machado)
Era uma vez um casal de camponeses que tinha uma gansa muito especial. De vez em quando, quase todo
dia, ela botava um ovo de ouro. Era uma sorte enorme, mas em pouco tempo ele começaram achar que podiam ficar muito mais ricos se ela pusesse um ovo daqueles por hora ou a todo momento que eles quisessem.
Falavam nisso sem parar, imaginando o que fariam com tanto ouro.
- Que bobagem a gente ficar esperando que todo dia saia dessa gansa um pouquinho... Ela deve ter dentro
dela um jeito especial de fabricar ouro. Isso era o que a gente precisava.
- Isso mesmo. Deve ter uma maquininha, um aparelho, alguma coisa assim. Se a gente pegar pra nós, não
precisa mais da gansa.
- E... Era melhor ter tudo de uma vez. E ficar muito rico.
E resolveram matar a gansa para pegar todo o ouro.
Mas dentro não tinha nada diferente das outras gansas que eles já tinham visto – só carne, tripa, gordura...
E eles não pegaram mais ouro. Nem mesmo ganharam um ovo de ouro, nunca mais.
03.  A palavra Isso marcada no texto se refere a:
(A) Um pouquinho de tempo de que o casal precisava para cuidar da gansa.
(B) A bobagem de achar que dentro da gansa tinha ouro.
(C) Um modo de produzir ouro.
(D) Uma maneira menos cruel de matar a gansa.

 
04.  O desespero da mãe do Menino Maluquinho se justifica pela:

(A) Pergunta do Menino Maluquinho.
(B) Ação do Menino Maluquinho.
(C) Maldade do Menino Maluquinho.
(D) Distração do Menino Maluquinho.

 PREZADO SENHOR,
A primeira coisa que me vem à cabeça para lhe dizer hoje não é muito original...
No entanto, se estas palavras pecam pela falta de originalidade, não pecam pela falta de sinceridade:
Feliz Aniversário!
 O meu sentimento mais puro é para que você possa realizar, nos anos vindouros, todos os seus projetos
mais caros e preciosos, pois isso é o mínimo que uma pessoa justa e honesta como você merece.
 Saiba que eu me sinto muito privilegiada por ser subordinada a alguém tão bom e sensível, que não se
vale de hierarquia para humilhar ou ser arrogante com os outros profissionais.
 Por tudo isso que você é, receba os meus mais sinceros votos de felicidade e o meu desejo de que o seu
dia de aniversário transcorra em paz e alegria.
Um Abraço.
Rosângela

05.   Nesse texto, os interlocutores são:
(A) Chefe e funcionária.
(B) Namorado e namorada.
(C) Pai e filho.
(D) Professor e aluno.

RECEITAS DA VOVÓ
Lembra aquela receita que só sua mãe ou sua avó sabem fazer? Pois saiba que, além de gostoso, esse
prato é parte importante da cultura brasileira. É verdade. Os cadernos de receita são registros culturais. Primeiro,
porque resgatam antigas tradições, seja familiares ou étnicas. Além disso, mostram como se fala ou se falava em
determinada região. E ainda servem como passagens de tempo, chaves para alcançarmos memórias emocionais
que a gente nem sabia que tinha (se você se lembrou do prato que sua avó ou sua mãe fazia, você sabe do que eu
estou falando).
06.   A tese defendida pelo autor do texto é de que as receitas culinárias:

(A) Fazem com que lembremos a nossa infância.
(B) Resgatam nossas tradições familiares ou étnicas.
(C) São as que só nossas mães ou avós conhecem.
(D) São uma parte importante da cultura brasileira.